Roberto_Neves (1)
Foto: Renato Nogueira/FotoNaLuta

Vitória na técnica de Roberto Facada no ACB São Paulo

Roberto Neves, segura ímpeto de Adilson Jack Godzilla e vence no ACB, aumentando sua sequência de vitórias.
Roberto_Neves (3)

Foto: Renato Nogueira/FotoNaLuta

O ACB realizou na última sexta-feira (10) a sua 82ª edição e o Clube Hebraica, em São Paulo, foi o palco do segundo evento que a organização russa realizou no Brasil. O card contou com grandes lutadores do MMA mundial, entre eles estava o paulista Roberto Facada que levou a melhor sobre seu compatriota, Adilson Jack Godzilla por decisão unânime.

Roberto Facada fez sua segunda luta pelo ACB no Brasil e assim como na edição, que foi realizada no Rio de Janeiro, o paulista conquistou mais uma vitória por decisão unânime. Facada falou sobre mais um triunfo na organização.

“A minha vitória foi fruto de muito trabalho já que vinha me preparando muito para essa luta, tive alguns problemas nas lutas anteriores de lesão, então fiquei parado quase dois meses antes me recuperar para essa luta. A expectativa era grande a confiança também, mas estava um pouco fora de ritmo, sabia que a luta seria difícil, mas eu estava focado e treinado, faltaram detalhes para corrigir, pois sabia que o adversário era duro, mas eu estava pronto para chegar lá e fazer uma luta boa, que graças a Deus consegui e saí com essa grande vitória”, disse

Roberto Facada, que esteve nas duas edições do evento russo no Brasil, falou sobre a importância do ACB realizar eventos no país.

“Essa foi a minha segunda luta pelo ACB no Brasil e havia feito uma pelo evento fora do país e fiquei muito feliz pois o evento está ganhando muita força, um dos maiores do mundo, e chegando aqui no Brasil para nós é maravilhoso, porque é um evento forte, sério, por isso estou muito feliz de estar no ACB. Para nós brasileiros é muito importante, pois está abrindo as portas para vários talentos. Para muitos atletas estava faltando apenas uma oportunidade e o ACB trouxe isso para a gente. É muito gratificante para a gente poder estar competindo nesse evento maravilhoso”, disse Roberto Facada que também elogiou a edição.

“O evento foi muito bom e a segunda edição no Brasil melhor ainda e tenho certeza pelo que conheço dos empresários que estão cuidando desse evento, a próxima edição tem tudo para ser melhor ainda”, disse.

Paulista da cidade de Leme, Roberto Facada falou sobre a emoção de lutar pelo ACB em casa com o apoio da torcida.

“Lutar em casa foi maravilhoso, eu sou do interior de São Paulo, então eu praticamente estava lutando no quintal de casa que me deixou muito feliz e confiante. Foi muito bom ter o apoio da torcida, nem todos meus amigos não puderam ver a minha luta ao vivo, mas eles ficaram assistindo na TV torcendo muito e mandando muita energia positiva, isso não tem preço. Ter lutado em casa foi muito bom, só o fato de não ter fuso horário, não ter que viajar 20 ou 30 horas me ajudou bastante e contribuiu para eu ir lá fazer um bom trabalho”, disse.

Aos 34 anos, Roberto Facada fez a sua terceira luta no ACB e se recuperou da derrota na estreia com duas vitórias consecutivas. Com uma boa sequência, o paulista sonha em estar entre os melhores para poder sonhar com o cinturão.

“A minha estreia no ACB não foi como eu queria, faltou muita coisa e faltando poucos dias tive uma lesão que quase me tirou da luta, mas graças a Deus os fisioterapeutas fizeram um milagre em meu joelho e meu ombro que me possibilitou de lutar. Não consegui lutar 100%, mas lutei e foi isso que me fez voltar para casa e recuperar minhas lesões e voltar mais forte. Agora estou aí com duas vitórias consecutivas, estou feliz e quero embalar para conseguir mais vitórias e atingir a minha meta que é ficar entre os melhores da categoria e poder pensar no cinturão, que é o meu objetivo”, disse o atleta que também fez uma autoavaliação de suas lutas.

“Sei que tenho muito que melhorar, tenho que corrigir alguns erros, mas vou trabalhar, correr atrás para melhorar para atuar melhor na próxima luta”,

Após a vitória no ACB 82, Roberto Facada agora soma 10 vitórias e três derrotas em seu cartel. O paulista tem mais uma luta no contrato e espera renovar com a organização russa.

“Eu tenho mais uma luta e pretendo fazer ela bem com mais uma vitória para renovar e ir em busca de estar entre os Top 10 da categoria e futuramente quem sabe, uma luta de cinturão, esse é o meu objetivo, mas primeiro quero entrar no Top 10 e firmar na categoria, para poder galgar o cinturão. Sei que tenho muito que corrigir, melhorar, mas estou em uma equipe boa e que dá um suporte legal, então é só questão de tempo para voltar com um ritmo bom e vencer novamente”, finalizou.

Roberto_Neves (2)

Foto: Renato Nogueira/FotoNaLuta

Categorias
MMA

Relacionados