Amanda-Ribas
Foto: Reprodução | Facebook.

UFC: Amanda Ribas é condenada por doping

Foto: Reprodução | Facebook.

Após assinar com o UFC em maio de 2017, a musa peso-palha de 24 anos de idade Amanda Ribas foi pega em um exame preventivo antidopagem (Urina) feito pela USADA, e, posteriormente, suspensa, mesmo sem pisar sequer uma vez no octógono mais famoso do mundo, e, parece que isso ainda demorará a acontecer.

Na tarde desta quarta-feira (10), a USADA (Agência Antidoping dos Estados Unidos), anunciou que Amanda Ribas testou positivo para o uso de “Ostarine”, um fármaco que pertence a classe dos moduladores seletivos do receptor de androgênio. A droga, ainda em investigação é proposta para ser utilizada para aumento da massa muscular, conhecido também como Enobasarm, que é vendido ilegalmente nos Estados Unidos (Amanda estava treinando na equipe American Top Team) e a agência, também anunciou que a mineira ficará dois anos supensa, o que poderá, até mesmo acarretar na demissão da lutadora.

Outro caso recente de doping envolvendo um lutador brasileiro, foi o do baiano peso-pesado Carlos Felipe ‘Boi’, que também foi pego em exame preventivo e não teve tempo de estrear na franquia presidida por Dana White, sendo demitido sem pisar no octógono mais famoso do mundo.

Por Dario Ferrari

Categorias
MMA

Relacionados

Pin It on Pinterest

Share This