Shooto Brasil fecha o ano com presença de ex-campeão mundial na luta principal

Depois de realizar dez edições em 2017 e se consolidar com o maior evento de MMA do país, o Shooto Brasil fecha o ano neste domingo, dia 10 de dezembro, no Rio de Janeiro. A Arena Upper, na Zona Sul da cidade, recebe a edição 79 com um card que promete. Na luta principal da noite, o ex-lutador do UFC e ex-campeão mundial do Shooto Hernani Perpetuo encara Oton Jasse, companheiro de treinos de outras feras do Ultimate como Thiago Marreta e Alex Cowboy, pela categoria dos super-meio-médios (até 79,4kg), recém-incorporada ao Shooto.

Na co-luta da noite o especialista no jiu-jitsu Polengue Dias, irmão do também lutador Hacran Dias, faz sua terceira luta no MMA profissional diante de Taffarel Brasil pela divisão dos leves (até 70,3kg). O evento, que terá outros nove combates, começa às 20h (horário de Brasília) com transmissão ao vivo do Canal Combate.

“A sensação de fechar o ano com dez edições realizadas, novos campeões coroados, categorias novas incorporadas e promessas surgindo é muito gratificante. Todo mundo sabe a dificuldade de se fazer um evento de MMA hoje em dia e o Shooto mesmo com todos esses percalços conseguiu manter não só a quantidade dos eventos que sempre fizemos, como o alto padrão de lutas. Além disso, 2017 marcou a inauguração da Arena Upper, nossa nova casa, e isso com certeza foi um marco na história do evento. A expectativa é de fechar o ano com chave de ouro e iniciar 2018 ainda melhor do que começamos esse ano”, afirma Dedé Pederneiras, presidente do Shooto Brasil.

Ex-campeão mundial do Shooto, Hernani Perpetuo volta ao evento que o consagrou

O protagonista do Shooto Brasil 79 é um velho conhecido da organização. Hernani Perpetuo é o único atleta a ser campeão mundial do evento – já que os demais campeões são detentores do título do Shooto Brasil. O carioca de 32 anos conquistou o cinturão em 2013 ao vencer o belga Tommy Depret em uma verdadeira batalha de cinco rounds. Depois disso, Hernani teve sua chance no UFC. Mas a trajetória do lutador da Nova União no Ultimate não teve bons resultados e após duas derrotas, seguidas de lesões, ele foi desligado do plantel. Em julho de 2016 Perpétuo voltou ao Shooto Brasil com uma vitória avassaladora sobre Cleber Souza com apenas um minuto de luta. Na carreira, ele soma 18 vitórias e apenas cinco derrotas. Só no Shooto foram 13 duelos.

O adversário de Hernani é o também carioca Oton Jasse, membro da equipe TFT e companheiro de treinos de nomes como Thiago Marreta e Alex Cowboy, ambos do UFC. Aos 23 anos, Oton soma números impressionantes para sua idade. Foram 19 lutas, com 16 vitórias. Estreante no Shooto Brasil e especialista na arte suave, ele tem a incrível marca de 14 vitórias por finalização. Ainda mais incrível é que oito dessas 14 vitórias vieram via triângulo de mão, inclusive cinco das últimas sete vitórias consecutivas do carioca.

Na co-luta principal da noite o destaque é a presença de Polengue Dias, faixa-preta de jiu-jitsu e que vai para sua terceira luta profissional de MMA. Cria do Morro Santo Amaro, no Rio de Janeiro, Polengue é irmão do lutador Hacran Dias, recém-demitido do UFC e muito ligado a Marlon Sandro, um dos líderes da equipe Nova União e também cria do Santo Amaro. Ele encara o manauara Taffarel Brasil, que também está iniciando a trajetória no MMA e possui um cartel de duas vitórias e uma derrota. O Shooto Brasil 78 conta ainda com outros nove combates, com destaque para a promessa da Nova União Kaue Fernandes, que encara Evandro Alemão.

Os ingressos para o Shooto Brasil 79 já estão a venda nos valores de R$ 30 (Arquibancada), R$ 50 (Cadeira) e R$ 150 (Camarote) e o endereço da Arena Upper é Rua Bibiano Pereira da Rocha n° 2-A – Flamengo, Rio de Janeiro.

Confira o card do Shooto Brasil 79

CARD PRINCIPAL

Até 79,4kg: Oton Jasse (TFT) x Hernani Perpetuo (Nova União)

Até 70,3kg: Taffarel Brasil (Team New Corpore) x Polengue Dias (Nova União)

Até 68,5kg*: Evandro Alemão (Equipe Puro Impacto / BPT) x Kauê Fernandes (Nova União)

Até 56,7kg: Thiago Xavier (NC Fusion) x Deigrisson Frazão (Team Rafael Ceará)

Até 53kg*: Marina Alcalde (Thai Brasil – Floripa) x Amanda Torres (Nova União)

Até 77,1kg: Adriano El Brigador (Team New Corpore) x Emanuel Lopes (Nova União)

Até 74,9kg: Denilson Oliveira (Team New Corpore) x Pedro Wilson (Kimura)

Até 65,8kg: Paulo Ricardo Cangaceiro (Relma Combat) x Eliandro PQD (Nova União)

Até 52,2kg: Jamile Farias (PRVT) x Geisa Veloso (Nova União)

Até 79,4kg: Danilo de Souza (Relma Combat) x Edwin Francês (Nova União)

Luta amadora

Até 61,2kg: Jean da Silva (BPT) x Mike Davidson (Nova União)

*Peso combinado

Categorias
MMA




Relacionados