Shooto Brasil 78 coloca cinturão dos super-leves em jogo após aderir às novas categorias

A décima edição do Shooto Brasil em 2017 está recheada de atrações. Neste domingo, dia 26 de novembro, a Arena Upper, no Rio de Janeiro, recebe a 78ª edição da história da organização com algumas novidades. Na luta principal da noite, o potiguar Carlão Silva encara o paulista Felipe Douglas pelo cinturão inaugural dos super-leves (até 74,8kg). Este será o primeiro duelo da divisão no Shooto Brasil. Além dos super-leves, outras três categorias foram incorporadas ao evento após serem incluídas nas Regras Unificadas do MMA desde a última edição. O Shooto Brasil 78 conta com outros dez duelos e começa a partir das 20h com transmissão ao vivo do Canal Combate.

As novas divisões de peso foram incluídas nas Regras Unificadas do MMA após decisão da ACB (Associação de Comissões de Boxe e Esportes Combativos) em julho deste ano e prontamente incorporadas a CABMMA, entidade que regulamenta as edições do Shooto e do UFC no Brasil. Além dos super-leves e dos super-médios, foram criadas também as categorias dos super-meio-médios (até 79,4kg) e dos cruzadores (até 102kg). A decisão de aderir às novas divisões de peso aos eventos varia de cada promotor. O UFC, por exemplo, ainda não anunciou nenhuma novidade em relação ao assunto. O Shooto Brasil, através de seu presidente Dedé Pederneiras, se pronunciou aprovando a decisão.

“Isso é uma questão que sempre foi necessária, só vejo benefícios. Além de prezar pela saúde dos atletas com a diminuição do corte de peso, ainda damos mais chances a novos campeões surgirem. Agora dificilmente teremos algum atleta que não se encaixa em determinada categoria e acabamos com os pesos combinados. Quanto mais categorias melhor, nós não tivemos dúvidas na hora de implantar isso no Shooto porque com certeza é algo que só traz coisas boas”, afirma Dedé.

Carlão Silva e Felipe Douglas disputam cinturão inaugural

Os protagonistas da luta principal da noite possuem trajetórias bem parecidas. Carlão Silva é natural do Rio Grande do Norte e integra a equipe Kimura, antiga filial da Nova União – o fim da parceria foi anunciado na última semana. Aos 24 anos, Carlão possui um cartel de 10 vitórias e apenas uma derrota. Conhecido pelo seu poder de nocaute, o potiguar vai para o quinto duelo no Shooto Brasil. Ele não atua desde maio deste ano e vem de quatro triunfos consecutivos.

Seu oponente é Felipe Douglas, que integra a tradicional equipe paulista 011. Natural de Taubaté, no interior do estado, Felipe vai fazer sua estreia no Shooto Brasil. Aos 25 anos ele tem bastante bagagem nos eventos nacionais e soma um cartel de 11 vitórias e apenas três derrotas. Assim como Carlão, o paulista tem a maioria de suas vitórias por nocaute e também fez apenas um duelo em 2017, no mês de agosto ao vencer João Paulo de Moura.

O Shooto Brasil 78 terá ainda outros dez duelos, com destaque para o co-main event entre Roger Berger e Zezão Trator, atleta com passagens pelo Bellator e ACB, tradicional evento europeu. Outras lutas que chamam atenção é o duelo peso-pesado entre Wagner Maia e Raphael Pessoa, que seria a luta principal da edição 76 e foi remanejado por uma lesão de Wagner. Além da presença de Kauã Fernandes, uma das promessas da Nova União, diante de Carlos Alexandre.

Os ingressos para o Shooto Brasil 78 estão a venda nos valores de R$ 30 (Arquibancada), R$ 50 (Cadeira) e R$ 150 (Camarote). Para quem quiser comparecer ao evento o endereço da Arena Upper é Rua Bibiano Pereira da Rocha n° 2-A, Flamengo, Rio de Janeiro.

Confira o card do Shooto Brasil 78

Até 74,8kg: Felipe Douglas (011 MMA Team) x Carlão Silva (Kimura)

Até 77,1kg: Roger Berger (DTM Team / Mezenga Thai) x Zezão Trator (Frankiko Team)

Até 65,7kg: Vavá Lana (Equipe Puro Impacto / G13) x Fiuri Ribeiro (Nova União)

Até 120kg: Wagner Maia (Baixinho Team) x Raphael Pessoa (Team New Corpore)

Até 70,3kg: Evandro Alemão (Equipe Puro Impacto) x Wellinton Silva (Nova União)

Até 61,2kg: Carlos Alexandre (Corinthians MMA) x Kauã Fernandes (Nova União)

Até 56,7kg: Victor Paçoca (TFT / AFTEAM / DAJJ) x Klinger Pinheiro (Nova União)

Até 92,9kg: Lincoln Barbosa (Team New Corpore) x João Paulo King (Nova União)

Até 65,7kg: Luiz Felipe Jones x Vandirson Alves (Rizzo RVT)

Até 65,7kg: Alan Alves (BH Rinos) x Mohamed Camarada (Nova União)

Até 65,7kg: Heder Araújo (Dragon Fight / Nova União) x Leonardo Areas (Street Fighter Top Team)

Categorias
MMA




Relacionados