Sergio Pettis
Sergio Pettis chegou a quarta vitória consecutiva – Foto: Getty Images

Sergio Pettis vence Brandon Moreno na luta principal do UFC Fight Night 114

Sergio Pettis deu um importante passo dentro do peso-mosca (até 57kg) ao vencer o mexicano Brandon Moreno por decisão unânime (49-46, 48-46, 48-46) na luta principal do  UFC Fight Night 114, que aconteceu no último sábado (05) na Cidade do México. Com a vitória, o lutador que ocupa a sexta colocação no ranking ficou mais próximo de ser o próximo desafiante pelo cinturão da divisão, que se encontra com Demetrious Johnson.

Lutando em casa, Brandon Moreno contou com o apoio da torcida que cantava para apoiar o atleta local e no primeiro round o mexicano foi no embalo da galera e colocou Sergio Pettis para baixo colocando o americano em apuros.

Do segundo round em diante Sergio Pettis encontrou a distância certa e passou a dominar o duelo, variando socos e chutes com precisão. A eficiência na luta em pé pesou para o norte-americano, que venceu na decisão unânime dos juízes.

Após a vitória, Sergio Pettis foi cauteloso ao falar sobre disputa de cinturão, já que acredita que ainda tem que fazer mais para chegar ao title shot.

“Certamente tive que lidar com muita adversidade (no primeiro round), mas mantive a tranquilidade e sabia que tinha mais quatro rounds para provar que era melhor que ele (…). Claro que quero a luta pelo título, mas acho que ainda tem muita coisa para trabalhar para chegar lá”, ponderou ainda no octógono.

Sergio Pettis chegou a quarta vitória consecutiva e a 16 ª na carreira, que tem apenas duas derrotas em seu cartel. Já Brandon Moreno teve interrompida uma sequência 11 vitórias consecutivas ao conhecer sua primeira derrota no UFC e a quarta na carreira.

No único combate entre mulheres da programação, Randa Markos e Alexa Grasso fizeram uma luta aguerrida, cheia de alternativas para ambos os lados. Grasso foi superior no primeiro round, mas Markos ficou em vantagem no assalto seguinte. Desgastadas, as lutadoras não abriram mão no embate franco no último round. Grasso evitou as tentativas de queda de Markos e disparou mais golpes contundentes para assegurar a vitória na decisão dividida.

Pelo menos até este sábado, nenhum lutador nos médios descobriu o antídoto para frear Niko Price. Inapelável, o “Hybrid” nocauteou Alan Jouban após contra-atacar com uma “bomba” de direita e finalizar no ground n’ pound. Dessa forma, Price conserva o cartel imaculado – são 11 vitórias seguidas, sendo a terceira pelo Ultimate.

Lutador mais novo do card, Humberto Bandenay, 22 anos, estrou no UFC com estilo. O peruano aproveitou-se de um avanço de Martín Bravo para desferir uma joelhada de encontro no rosto do rival ainda no round inaugural. Sexta vitória seguida de Bandenay, que aparece como uma boa promessa na categoria dos penas.

Confira os resultados do UFC Fight Night 114

CARD PRINCIPAL

Sergio Pettis venceu Brando Moreno por decisão unânime (49-46, 48-46, 48-46)

Alexa Grasso venceu Randa Markos por decisão dividida (29-28, 28-29, 29-28)

Niko Price venceu Alan Jouban por nocaute técnico a 1m44 do 1º round

Humberto Bandenay venceu Martín Bravo por nocaute a 26s do 1º round

Sam Alvey venceu Rashad Evans por decisão dividida (29-28, 28-29, 29-28)

Alejandro Perez venceu Andre Soukhamthath por decisão dividida (29-28, 28-29, 29-28)

CARD PRELIMINAR

Jack Hermansson venceu Bradley Scott por nocaute técnico aos 3m50 do 1º round

Dustin Ortiz venceu Hector Sandoval por nocaute aos 15s do 1º round

Rani Yahya venceu Enrique Briones por finalização aos 2m01 do 1º round

Jose Quiñonez venceu Diego Rivas por decisão unânime (30-27, 30-27, 30-27)

Joseph Morales venceu Roberto Sanchez por finalização aos 3m56 do 1º round

Jordan Rinaldi venceu Álvaro Herrera por finalização aos 2m01 do 1º round

Categorias
MMA

Relacionados