Sarah “A Treta” conquistou o cinturão ao vencer Mayra Cantuaria por decisão dividida – Divulgação

Samurais do Cerrado agitou Goiânia com três disputas de cinturão

A cidade de Goiânia foi palco da primeira edição do maior evento de MMA profissional de Goiás, o Samurais do Cerrado e o público que compareceu no último sábado (03) ao Atlanta Music Hall pode assistir a grandes combates.

No total foram 14 combates, sendo três delas “disputas de cinturão” e que encerraram a noite. O Samurais do Cerrado contou com uma grande estrutura, tendo octógono oficial, juízes credenciados e lutadores de diversos lugares do Brasil. Um super evento que coloca Goiânia no topo das grandes competições de MMA Nacional.

A luta principal da noite foi uma revanche onde Leandro Batata e Vagner Curió se enfrentaram em 2013 pelo Shooto Brasil 44 e Batata levou a melhor por nocaute. No segundo confronto, Curió entrou em ação disposto a mudar o resultado da primeira luta e começou o confronto indo para cima, mas aos poucos Leandro foi se encontrando e no segundo round após acertar um contragolpe derrubou o adversário se sagrou vencedor mais uma vez.

“Queria agradecer a todos presentes pela paciência de ter ficado até o final da minha luta. É um prazer lutar em casa, muita gente tem pressão, mas eu me sinto muito bem, tem dois anos que eu não luto e essa é minha volta, quero lutar mais, vou aparecer mais, quero agradecer a todos que fizeram parte da minha história”, disse Leandro Batata ainda dentro do cage .

Sara “A Treta” vence Mayra Cantuária e mantém invencibilidade

A peso-galo de Goiânia, encarou  a anapolina Mayra Cantuária, e por decisão dividida dos juízes, Sarah Frota aumenta sua invencibilidade e faturou o cinturão da edição inaugural do evento Samurais do Cerrado.  Sarah “A Treta” Frota emplaca agora cinco lutas, com vitórias na carreira.

Foi a primeira vez que a atleta da New Level, teve um combate de três rounds dentro do octógono e experimentou  à decisão dos juízes.

O duelo com a lutadora da BBT Anápolis, exigiu uma estratégia diferente por parte de  Sarah Frota. Até então, foram três vitórias por finalizações, e sua última luta contra Vivi Araújo, “A Treta” emplacou um nocaute técnico no segundo round. Desta vez, o combate foi estratégico com ambas as lutadores proporcionando um verdadeiro show de técnica, agilidade e resistência.

“Com certeza foi a luta mais emocionante da minha carreira no MMA. Sem desmerecer minhas outras adversárias, foi a oponente mais dura que enfrentei. Nesta luta mostrei que estou treinando para ser uma atleta completa”, afirmou “A Treta” após sair invicta e fortalecida do octógono do Samurais do Cerrado.

O próximo compromisso de Sarah “A Treta”, detentora de três cinturões de organizações distintas será no Aspera FC 54 edição Goiânia , onde enfrenta a baiana Layze Cerqueira.

O retorno de um veterano

O evento também teve o retorno aos cages do lutador Milton Bahia, que lutou no International Vale Tudo Championship. O tradicional IVC.

Confira os resultados do Samurais do Cerrado  

DISPUTAS DE CINTURÃO

Leandro Batata venceu Vagner Curió- por nocaute técnico (soco) aos 2:59 do segundo round – 84kg (Luta Principal)

Sarah Frota venceu Mayra Cantuaria por decisão dividida – 61kg

Maike  Linhares venceu Elismar Carrasco por decisão unânime – 66kg

CARD PRINCIPAL

Milton Bahia venceu Jerônimo “Jera” por finalização (mata leão) aos 4:57 do primeiro round – 84kg

Paulistenio Rocha venceu Luis Fernando Corrêa por decisão unânime – 77kg

Wellington “Toin” venceu Mateus Gloria por finalização (Katagatame)  aos 1:37 do primeiro round – 57kg

Vinicius Boneco venceu Wesley Shakur por nocaute técnico (soco) aos 4:15 do segundo round – 77kg

Eduardo “Mano”  venceu Cicero “Paraibinha” por nocaute (soco) aos 25 segundos do primeiro round – 70kg

Edvan “Jon Jones” Rodrigues venceu Werio Janio por finalização (mata leão) aos 3:50 do primeiro round – 77kg

Weslley Piá venceu  Natanael Dias por no nocaute (soco) aos 1:31 do primeiro round – 57kg

João Victor Falcão venceu Alessandro Felipe por finalização (katagatame) aos 3:47 do primeiro round – 70kg

Alvino Torres venceui  Raniere Silva por decisão unanime – 61kg

Miro Brusnello venceu Jefferson “Aldin” dos Santos 3:57 por finalização (triângulo de mão) do segundo round – 66kg

Jhon Leno venceu Kleison Silva por decisão unânime  -57kg

Categorias
MMA




Relacionados