Paulo Borrachinha se destacou no MMA nacional ao ser campeão no Jungle Fight e Face to Face – Foto: Renato Nogueira

Paulo Borrachinha quer fazer história no UFC: “Se fosse para ser mais um, eu não iria”

Oito vitórias na carreira, sendo sete nocautes e uma finalização – todas no primeiro round – credenciaram Paulo Borrachinha a ser a mais nova aposta do Ultimate Fight no Brasil. Campeão peso-médio do Jungle Fight, Paulo Henrique “Borrachinha” participou do TUF Brasil 3, e fará a sua estreia no UFC Fortaleza, em 11 de março, sem adversário definido por enquanto.

Invicto no MMA, o lutador mineiro quase estreou pela organização no UFC 198, em 14 de maio do ano passado, quando foi chamado às pressas para substituir Anderson Silva no duelo contra o Uriah Hall. Como o jamaicano recusou enfrentá-lo, o brasileiro permaneceu no Jungle Fight, onde conquistou o cinturão peso-médio. Empolgado com a oportunidade, Borrachinha garantiu que não vai ser mais um e chegou no UFC para fazer história.

“Já estava na hora de enfrentar os melhores atletas do mundo na minha categoria. A parte de euforia já passou quando estive no TUF, hoje vejo como mais um trabalho. Treino pesado e o MMA é minha vida. Vim para fazer história”.

Confiante, Paulo Henrique acredita ser o melhor meio-médio do brasileiro e prevê desafios ainda maiores daqui para frente.

“Se tiver que escolher adversário no Brasil é porque não estou pronto para o UFC.  Acredito que sou o melhor do país e mostrei isso batendo em todo mundo. Acho que daqui em diante terei maiores desafios, maiores dificuldades e, ao mesmo tempo, maiores realizações. Digo isso porque vim para fazer história na organização e buscar o título da categoria. Se fosse para ser mais um eu não iria”, finalizou

Categorias
MMA




Relacionados