Matheus Calabresa e Luiz Guerreiro disputam cinturão dos moscas no Rei da Selva 10

A velha rivalidade entre Amazonas e Pará terá novo capítulo no Rei da Selva Combat 10 – Edição Ouro -, dia 11 de novembro, a partir das 19h, no auditório Nina Lins, na Universidade Nilton Lins, em Manaus. O amazonense Luiz Guerreiro buscará o cinturão do peso mosca (até 57 kg) contra o paraense Matheus “Calabresa” da Silva, dono do título dos palhas (até 52 kg).

Guerreiro, 23, atleta do Império Centro de Treinamento, busca pela segunda vez o título da categoria na qual é um dos astros do MMA da Região Norte. Na primeira oportunidade, ele perdeu a chance para Manoel Júnior (Eulen Viana). Com 11 lutas, sendo nove triunfos e duas derrotas, Guerreiro vem de duas vitórias consecutivas e se diz preparado para a consagração em casa.

“Estou treinando na Império CT, fazendo a parte de MMA e Wrestling com o professor Ednei Souza e o Muay Thai com o mestre Sinho. Meu camp está maravilhoso e estou me sentido muito bem e saudável para essa luta. Na primeira vez perdi o cinturão no dia do meu aniversário, mas Deus me deu essa segunda oportunidade e estou preparado para ser campeão. Esse título é muito importante para minha carreira e desta vez o cinturão vem para casa”, afirma Guerreiro, que é patrocinado por Amazon Frigo, HP Long, Igor Lanche 24 Horas, Espetaria  Barbecue’s, Barão Barbearia, Sutti Sports, Fisiogade, Di Silva Tatoo, Mercadinho do Del e Athos.

Pequeno Sinistro de Juruti

Só que vencer o Menino de Ouro de Juruti, interior do Pará, não será nada fácil. Matheus é trocador nato e tem um jiu-jítsu apuradíssimo, até porque em Manaus o atleta da equipe Vermelho Fight Team conta com suporte técnico de duas escolas de campeões na “arte suave” e no Muay Thai: o Clube Freitas, do bairro do Mutirão, e o Centro de Treinamento Nélio Thai, do conjunto Vieiralves.

Atual campeão do peso palha (até 52 kg) do Rei da Selva, o paraense de apenas 20 anos subiu de categoria para brigar por mais um título diante de um adversário extremamente duro. Matheus tem a incrível marca de 10 vitórias consecutivas, entre eventos de MMA amador e profissional. Se for campeão dos moscas, será o único atleta a ter dois cinturões na história da organização dirigida por Diogo Dutra e Sammy Dias.

“Estou bem preparado tanto fisicamente quanto psicologicamente, pois já planejava subir de categoria e ir atrás desse cinturão. Muita gente não acredita em mim pelo fato de eu ser bem menor que meus oponentes, porém me preparo desde meus 14 anos para chegar onde estou hoje. Vou ser o primeiro a conquistar dois cinturões do Rei da Selva”, garante Matheus, respeitando o adversário amazonense, mas acreditando no próprio potencial.

Os ingressos para o Rei da Selva Combat 10 estão a venda nos valores de R$ 50,00 (cadeira simples), R$ 70,00 (cadeira VIP) e R$ 300,00 (mesa para quatro pessoas). Camarotes somente nos contatos: (92)98204-4648 / 98175-9845.

Confira o card do Rei da Selva Combat 10

CARD PRINCIPAL

Peso Pena – Até 65.800 kg – Marcos Marajó (SD System/Checkmat) x Marcelino Cavalcante (Cavalcante Team/CT Brunocilla)

Peso Mosca – Até 57 kg – Luiz Guerreiro (Império CT) x Matheus da Silva (Vermelho Fight Team)

Peso Meio Médio – Até 77.100 kg – Victor Neves (Team Cardoso/Osvaldo Alves) x Patrick Brabão (MPBJJ/Nova União)

Peso Combinado – Até 75 kg – André Leocádio “Batata” (MPBJJ/Nova União) x Júnior Cachoeira (Careca Team)

Peso Leve – Até 70 kg – Moisés Costa (SD System/Checkmat) x Adversário a definir

Peso Palha – Até 52.200 kg – Andreza Belfort (X-Union) x Alessandra Nunes “Lelê” (Deo Academy Top Team)

CARD PRELIMINAR

Peso Combinado – Até 79kg – Caio Cesar “Parangole” (Imperio CT) x Valmir Junior (Team X-Union/CT Brunocilla)

Peso Médio – Até 83.900 kg – Jackson Sales (MPBJJ/Nova União) x Wagner Monstro (Team Cardoso)

Peso Mosca – Até 56.700 kg – Felipe Lima “D’Ouro” (SD System/Checkmat) x Tião Calixto (Deo Academy Top Team)

Peso Pena – até 65.800 kg – Bruno Quintanilha (SD System/Champions Factory) x Ronacy Cowboy (CT Operacional)

Peso Pena – Até 65.800 kg – Jameson “Pistoleiro” Oliveira (Renovação Coari Team) x Wanderson “Stronda” (The Pride)

GP Rainha da Selva – Peso Galo -Até 61.200 kg

Antonia Joyce “Tabosa” (Nonato Muay Thai)

Rayla Nascimento (JMT/CT Manaus Fight)

Fabiulane Melo (Renovação Coari Team)

Pamela Gisele (Team Cardoso)

Categorias
MMA







Relacionados