Leonardo Limberger finaliza Davi Boxer na luta principal do Shooto Brasil 71 – Foto: Thiago Duval

Leonardo Limberger finaliza Davi Boxer na luta principal do Shooto Brasil 71

A 71ª edição do Shooto Brasil contou com grandes combates e o público que compareceu ao Clube Hebraica, na Zona Sul do Rio de Janeiro, no último domingo (30), foi premiado com lutas de alto nível e um show de nocautes e finalizações. Na luta principal da noite, Leonardo Limberger conseguiu uma bela vitória por finalização sobre Davi Boxer aos 3:47 do segundo round. No co-evento, Cemey dos Santos nocauteou Renato King no primeiro assalto.

O duelo principal da noite vinha bastante equilibrado e de trocação franca, mas no segundo round quando a luta foi para o chão, Leonardo Limberger encaixou um belo katagatame que obrigou Davi Boxer a dar os três tapinhas de desistência.

“No começo foi uma luta dura, tive um adversário duro que me surpreendeu no início da luta, pensei que ia ser um cara canhoto e veio um cara destro, mas vim para a luta preparado para tudo, e vamos que vamos. Sei que tenho muito que evoluir e esse foi só mais um degrau. Consegui colocar ele para baixo e administrar porque eu treino, isso é MMA e não é Jiu-Jitsu, então procurei abrir caminho para quando ele afroxasse eu iria pegar e graças a Deus consegui”, disse o atleta da Rizzo RVT.

No co-evento principal, Cemey dos Santos e Renato King faziam uma luta bastante equilibrada e de trocação franca, mas no último minuto do primeiro round, Cemey tentou atacar, Renato conseguiu desviar do soco, mas não da cotovelada que pegou em cheio fazendo o atleta da Nova União cair desnorteado e o árbitro interrompeu o confronto.

Um dos destaques da noite foi Rafael Apocalipse que fazia uma luta bastante equilibrada contra Natan Leite no primeiro round. Mas logo nos primeiros segundos do segundo assalto, o atleta da Nova União mostrou seu afiado Muay Thai e encaixou um lindo golpe que fez o adversário cair nocauteado. No chão, Rafael ainda tentou a finalização, mas o árbitro entrou e interrompeu o combate antes.

A outra finalização da noite veio com Joaquim Polônia que encaixou uma bela guilhotina para fazer Edcarlos Peixe dar os três tapinhas de desistência. O primeiro nocaute da noite veio com Junior Negão que após acertar um belo soco fez Jackson Pacheco cair. No chão, o atleta da Nova União ainda conectou alguns golpes até o árbitro interromper e dar números finais ao duelo no primeiro round.

Confira os resultados do Shooto Brasil 71

Até 66kg – Leonardo Limberger (Rizzo RVT) venceu Davi Boxer (BJJ Frankiko Team) por finalização (katagatame) aos 3:47 do segundo round

Até 89kg (combinado) – Cemey dos Santos (BPT) venceu Renato King (Nova União) por nocaute aos 4:23 do primeiro round
Até 61kg – Rafael Cacique (TFT) venceu Alexandre Cirne (CTLA/Nova União) por decisão dividida (29×28, 28×29, 29×28)

Até 62kg (combinado) – Rafael Apocalipse (Nova União) venceu Natan Leite (TFT) por nocaute aos 29 segundos do segundo round

Até 66kg – Joaquim Polônia (Nova União) venceu Edcarlos Peixe (TFT) por finalização (guilhotina) aos 3:57 do primeiro round

Até 70kg – Junior Negão (Nova União) venceu Jackson Pacheco (Daniel Freitas/Nova União) por nocaute técnico (socos) aos 4:14 do primeiro round

Até 77kg – Joel Soares (Kimura Nova União) venceu Pedro Esfirrão (DTM) por decisão unânime (triplo 30×27)

Até 64kg (combinado) – Fiuri Ribeiro (Nova União) venceu Valdileno de Almeida (Corinthians MMA por decisão unânime (29×28 , 29×28 , 30×27)

Até 52kg – Eliane Pantera (GFT) venceu Geisa Veloso (Nova União) por decisão unânime (triplo 29×28)

Categorias
MMA




Relacionados