ufc_joshbarnett_evelynrodrigues
Foto: Evelyn Rodrigues | SporTV | Combate.com.

Josh Barnett acusa USADA de ”caça as bruxas”

Foto: Evelyn Rodrigues | SporTV | Combate.com.

O ex-campeão peso-pesado do UFC, Josh Barnett está suspenso pela USADA desde dezembro de 2016, e pode até cumprir uma suspensão de quatro anos, mas o peso-pesado diz que prefere a punição, pois para ele, é melhor ser punido do que trabalhar com a USADA.

Barnett testou positivo para Ostarine, que é um suplemento para mascarar outras substâncias e também estimula o aumento da massa muscular e da força física.

Após ser procurado pela USADA, o peso-pesado diz que quer enfrentar o que for preciso, mas não quer entrar em acordo com a agência antidoping.

“Para ser honesto, não confio neles de qualquer forma. Não tenho interesse em trabalhar com eles ou me tornar parte do programa. Preferiria fazer qualquer outra coisa a trabalhar com a USADA à essa altura. O que você deveria fazer quando não confia em alguém? Continuar dando a eles oportunidades de quebrar a sua confiança?”

“Não sou contra a ideia e espírito da USADA ou qualquer outro programa de teste de drogas independente, de forma alguma. Não tenho problema com nada disso e mesmo assim tomei um suplemento contaminado. Estou de acordo em passar pelo processo de testar suplementos. A única coisa que eu protesto é ser martelado depois do fato”

Carreira de Josh Barnett

Aos 40 anos de idade, Barnett já foi campeão peso-pesado do UFC ao derrotar Randy Couture no UFC 36. Barnett também foi campeão do Pancrase e lutou nos eventos Pride, Affliction e foi finalista do GP dos pesados do Strikeforce, sendo derrotado por Daniel Cormier.

Por Dario Ferrari

Categorias
MMA

Relacionados

Pin It on Pinterest

Share This