Dana White confirmou o duelo entre José Aldo e Max Holloway – Montagem

José Aldo defende cinturão contra Max Holloway no Rio de Janeiro

José Aldo já tem data para sua primeira defesa do cinturão peso-pena (até 66kg) desde que voltou ao posto de campeão linear da divisão. O presidente do Ultimate, Dana White confirmou na última sexta-feira (10) que o brasileiro terá pela frente o campeão interino Max Holloway e o duelo acontecerá no UFC 212, marcado para o Rio de Janeiro no dia 3 de junho.

O brasileiro entrou em ação pela última vez em julho do ano passado quando venceu Frankie Edgar no UFC 200 e se sagrou campeão interino, mas com a subida de Conor McGregor para a divisão dos leves, o Ultimate retirou o título dos penas do irlandês e José Aldo retornou ao posto de campeão linear da divisão.

Com José Aldo voltando a ser campeão linear do penas, o Ultimate criou novamente uma disputa pelo cinturão interino, onde Max Holloway e Anthony Pettis se enfrentaram e o havaiano levou a melhor ao nocautear o ex-campeão dos leves no terceiro round. Após a vitória, Holloway desafiou o brasileiro.

O duelo era acontecer no UFC 208, que acontece no próximo sábado (11), mas Max Holloway alegou uma lesão nos pés, uma viagem à Disney e até a gravação de um filme para alegar que não poderia lutar. Nesse período José Aldo tentou subir para os leves e desafiou alguns grandes nomes da divisão, mas foi ignorado.

José Aldo chegou no Ultimate como campeão do extinto WEC e após vitória sobre Mark Hominick se tornou o primeiro campeão dos penas do Ultimate. O atleta da Nova União defendeu o cinturão em seis oportunidades até ser derrotado por nocaute para Conor McGregor no UFC 194. Em seu retorno, o brasileiro venceu a revanche contra Frankie Edgar no UFC 200 e ficou com o cinturão interino, mas retornou ao posto de campeão linear após a organização retirar o cinturão do irlandês, que permanece oficialmente apenas como campeão dos leves.

O brasileiro terá uma parada difícil pela frente, já que Max Holloway vem de uma sequência de 10 triunfos consecutivos. Aos 25 anos, o havaiano soma 17 vitórias e três derrotas em seu cartel profissional.

Categorias
MMA

Relacionados