c7jg7stu0aaa40a-800×445
Foto: Getty Images

Jacaré comenta de desistência de St-Pierre nos médios

Foto: Getty Images

O canadense George St-Pierre conquistou o seu segundo cinturão no UFC ao bater Michael Bisping no histórico UFC 217, em novembro passado. Logo após conquistar o cinturão, St-Pierre teve de abandona-lo para cuidar da saúde, o que fez com o que o campeão interino Robert Whittaker, virasse campeão linear. Whittaker foi agendado para defender o cinturão diante de Luke Rockhold no UFC 221, mas Whittaker se lesionou e Rockhold e Yoel Romero lutam pelo cinturão interino. Mas todas essas mudanças, não foram surpresas para Ronaldo ”Jacaré”.

“Foi esquisito. Todo mundo sabia que o St-Pierre ia chegar ali e fazer o dele, ganhar o dinheirinho dele e ia arregar. Ele é muito pequeno para essa divisão. Ele quase não lutou com o Bisping, imagina com o Rockhold ou com outro cara mais pesado da categoria. Com o Romero, imagina. Ia ser uma chacina. Lógico que eu esperava [a desistência dele]. Ele nunca lutou nessa divisão, ele só veio para lutar com o Bisping”, afirmou Jacaré ao site Ag.Fight

Agora residente na Flórida, Ronaldo Jacaré treina na Fusion Xcel, ao lado de nomes como Mike Perry e Ale Nicholson, tendo recusado o convite de treinar na American Top Team.

“Sempre tive o convite de treinar na ATT. Fico muito feliz em ter uma equipe gigantesca dessa, uma das melhores equipes de MMA do mundo, com as portas abertas para mim. Mas eu moro longe da ATT, muito longe. Eu estou bem aqui na Fusion Xcel, tenho tudo o que eu preciso, a equipe é fortíssima. Mas de repente eu vou visitar a ATT, fazer uns treinos lá. Tenho uma porta aberta, sempre respeitei todo mundo e eu fico muito feliz de ter a oportunidade de treinar e saber que as portas da ATT estão abertas para eu treinar”

Por Dario Ferrari

Categorias
MMA

Relacionados

Pin It on Pinterest

Share This