Geraldo de Freitas campeão do Shooto Brasil
Geraldo de Freitas manteve o cinturão do Shooto Brasil – Foto: Thiago Duval

Geraldo de Freitas mantém cinturão do Shooto Brasil e mira UFC

O sonho de qualquer lutador de MMA é chegar ao UFC e com Geraldo de Freitas não é diferente. O mineiro tem bons motivos para sonhar já que vem de uma sequência de seis vitórias consecutivas e em sua apresentação, Geraldinho colocou o cinturão peso-galo (até 61kg) do Shooto Brasil em jogo pela primeira vez e se manteve no posto de campeão da organização ao finalizar Rafael Apocalipse aos 2mim e 36seg do primeiro round na luta principal da 83ª edição do evento, que foi realizada no Rio de Janeiro.

A luta começou bastante estudada, mas quando teve a oportunidade Geraldo de Freitas derrubou Rafael Apocalipse e trabalhou o jogo de chão até encaixar um mata-leão que pôs fim ao duelo antes do término do primeiro round. Após a vitória, o mineiro conversou com a reportagem do MMA4Ever, em parceria com o Lutas Esporte Clube, e falou sobre a vitória, além do sonho de chegar no UFC.

“Foi uma luta dura com o Rafael Apocalipse, já treinei com ele, então sabia que era um cara duríssimo. Sabia que se surgisse a oportunidade eu tinha fechar a luta, pois ele é muito perigoso. Foi uma luta dura, mas graças a Deus consegui colocar meu jogo, já que sou faixa preta de Jiu-Jitsu e consegui finalizar para sair com a vitória”, disse Geraldo de Freitas que também falou sobre defender o cinturão pela primeira vez.

“Foi muito maneiro poder defender o cinturão, pois faço o que eu amo e isso é o que mais amo na vida. É muito bom ser campeão do Shooto, que é um dos maiores eventos do Brasil , mas conquistar o cinturão é uma coisa, agora você provar que conquistou e mereceu aquilo dá uma alegria enorme no coração”, disse.

Geraldo de Freitas é mineiro de Conselheiro Lafaiete e membro da Rio Fighters, equipe liderada pelo ex-UFC Miltinho Vieira. Geraldo chegou a sua sexta vitória consecutiva, sendo as três últimas no Shooto Brasil, onde se sagrou campeão peso-galo. Com o retrospecto positivo, o atleta de 26 anos acredita que já merece uma chance na maior organização de MMA do mundo.

“Claro que a minha meta é chegar no UFC, agora mais ainda. Como eu falei, ganhei o cinturão de uma das maiores organizações do Brasil e agora defendi, então o que eu mais preciso fazer? Sei que estou pronto, pois sou o melhor peso galo do Brasil, então tenho que ter essa oportunidade e sei que mereço isso. Eu não estou pedindo, eu conquistei, então sei que mereço. Não tenho outros planos, meu plano é o UFC, que é meu principal objetivo, meu maior sonho é estar na Copa do Mundo do MMA e eu acredito que mereço estar lá. Acredito que eu chegando lá posso fazer bonito, pois sei do meu potencial e a vontade que estou em chegar lá”, disse.

Apesar da vontade de entrar no UFC, Geraldo de Freitas também fala sobre defender o cinturão do Shooto Brasil se a oportunidade de ir para o Ultimate demorar a chegar e o pupilo de Miltinho Vieira garantiu que será muito difícil de algum adversário tirar seu cinturão e avisa.

“Tem que treinar muito, é só isso que eu digo para quem quiser tomar o cinturão de mim, porque eu treino muito então quem quiser que venha preparado. Para quem quiser disputar o cinturão já estou dando a dica, treina e treina muito, não venha de bobeira que o caldo vai azedar (risos)”, brincou.

Categorias
MMA

Relacionados