Gegard Mousasi está sem contrato com o UFC – Foto: MMA Junkie

Gegard Mousasi diz que ainda não renovou com o UFC

Após a vitória sobre Chris Weidman no UFC 210, Gegard Mousasi ficou sem contrato com o Ultimate. O iraniano naturalizado holandês vem de uma boa sequência de cinco vitórias consecutivas e pediu uma maior valorização para manter seu vínculo com a organização.

Assim como na renovação anterior, Gegard Mousasi bateu o pé e mostrou insatisfação com os valores que tem recebido da organização. Em entrevista ao ao programa da TV americana “UFC Tonight”, o iraniano naturalizado holandês falou sobre a negociação.

“A negociação não está boa. Nós não gostamos. Eu acho que mereço (ganhar mais). Se você é um dos melhores lutadores, você deveria ser pago como tal. Talvez tenha a ver com a nacionalidade. Ouvi dizer que Sage Northcutt está ganhando US$ 75 mil para lutar e US$ 75 mil de bônus pela vitória, e o cara é um iniciante. Não venha me dizer que é um esporte justo. Tinha que ter a ver com os rankings; se você é um dos melhores, você deveria receber como um dos melhores. Eu estou aqui… Mereço o que eu deveria ganhar”, afirmou.

Mesmo insatisfeito com o UFC, Gegard Mousasi demonstrou interesse em renovar o contrato, assim como a organização, mas não descartou negociar com outras franquias.

“Kobe Bryant aparece e diz que vai investir centenas de milhões de dólares. E nós ainda vemos lutadores recebendo US$ 10 mil pela luta e mais US$ 10 mil pela vitória. Isso não faz o menor sentido. Sou coevento principal o tempo todo, então não é como se as pessoas não me conhecessem. Nós queremos assinar com o UFC e eles querem assinar conosco, então não sei. Eles deveriam pagar. Tenho mais um mês e meio, depois posso ir falar com outras franquias”, disse.

Mesmo sem contrato com a organização, Gegard Mousasi continua participando de eventos do UFC e no último fim de semana participou do encontro entre lutadores em Las Vegas (EUA).

Gegard Mousasi vem de uma sequência de cinco vitórias consecutivas onde superou os brasileiros, Thales Leites, Thiago Marreta e Vitor Belfort, além de Uriah Hall e Chris Weidman. Dos lutadores que foram superado pelo iraniano naturalizado holandês somente Thales não nocauteado, Mousasi venceu por decisão unânime. Aos 31 anos, o lutador tem o  impressionante cartel de 42 vitórias, seis derrotas e dois empates.

Categorias
MMA




Relacionados