Felipe Efrain nocauteou Nawras Abzakh no card preliminar do Brave 9 – Divulgação

Felipe Efrain e novo campeão peso galo lideram bônus de performances do Brave 9

A joelhada voadora de Felipe Efrain sobre Nawras Abzakh, que fechou o card preliminar do Brave 9: The Kingdom of Champions da última sexta-feira (17), rendeu ao brasileiro um bônus de performance dado diretamente por Sua Alteza Sheikh Khalid bin Hamad Al Khalifa.

É o segundo bônus do peso galo em duas lutas pelo Brave – ele já havia sido agraciado com o prêmio em sua estreia pela promoção, no Brave 3, em março, quando nocauteou o ex-UFC Walel Watson com um soco no fígado. Com nova vitória, Efrain se coloca entre os principais nomes da divisão até 61 kg., que teve seu primeiro campeão coroado também no Brave 9 – Stephen Loman nocauteou Gurdarshan Mangat e ganhou o cinturão inaugural da categoria.

E por falar em “The Sniper”, a performance do filipino, que deu dois knockdowns em Mangat, obrigando o árbitro a interromper a luta de título ainda no primeiro round, também lhe rendeu um bônus. Além de Loman e Efrain, o egípcio Ahmed Amir, que superou Erik Carlsson na decisão, e Abdul-Kareem Al-Selwady, pelo nocaute sobre o brasileiro Erick “Índio Brabo”, também ganharam um cheque extra por suas performances.

Como não houve finalizações no evento, a organização do Brave Combat Federation preferiu dar quatro bônus de performance, ao invés de dividir os prêmios em nocaute, finalização e luta da noite.

Categorias
MMA




Relacionados