Fabricio Werdum comemora a vitória sobre Walt Harris – Foto: Getty Images

Fabricio Werdum não dá chances e finaliza Walt Harris no UFC 216

A vida de Fabrício Werdum não foi nada fácil no último sábado (07), já que faltando poucas horas para entrar em ação no UFC 216, que foi realizado em Las Vegas (EUA), Fabricio Werdum soube que seu adversário, Derrick Lewis estava fora de combate e a organização escolheu Walt Harris, que lutaria contra Mark Godbeer no card preliminar, para enfrentar o brasileiro que aceitou de imediato e foi para o combate. Entrando no octógono como favorito, o ex-campeão peso-pesado (até 120kg) não deu chances para o azar e precisou de apenas 1min05s para finalizar o americano ao aplicar um arm lock.

Fabricio Werdum entrou embalado pelo Hino do Grêmio, seu time de coração, e como diz a letra “até a pé nós iremos”, o brasileiro foi para o octógono contra um adversário inesperado. Como Walt Harris não estava nem no Top 15, o gaúcho foi para a luta como favorito e não quis saber de dar chances para a zebra, na primeira chance que teve o ex-campeão dos pesados foi para as pernas do adversário e colocou a luta para baixo. Por cima, a finalização parecia questão de tempo e ela veio a 1min05s quando conseguiu pegar as costas e tentou um mata-leão, mas Harris conseguiu defender, então Werdum partiu para o armlock e fez o oponente dar os três tapinhas de resistência.

Após a vitória, Fabricio Werdum falou sobre reconquistar o título perdido e desafiou o atual campeão da divisão, Stipe Miocic para uma revanche, já que o americano tirou o cinturão do brasileiro no UFC 198.

“Eu estou muito feliz por ter encontrado um adversário, mas aceitei lutar em cima da hora porque essa é a minha vida, é o que eu amo fazer. A luta do Overeem ficou no passado. Agora eu quero Stipe Miocic. Estou aqui, quero meu cinturão de volta!”, disse.

Categorias
MMA




Relacionados