Herbert Burns 4
Perto de retornar aos cages, faixa-preta luta torneios sem kimono para manter o ritmo - Foto: Sondermarketing

De olho no MMA, Herbert Burns luta Pan-Americano No Gi e faz superluta no Fight 2 Win

Herbert Burns não esconde que o seu foco no esporte é o MMA. Mas também não esconde que não gosta de ficar parado. Enquanto não tem uma luta agendada, o faixa-preta tem mantido o ritmo de competições fazendo lutas casadas e participando de torneios da IBJJF. E, para os próximos meses, ele já tem participação garantida no Pan-Americano No Gi da IBJJF, que acontece nos dias 15 e 16 de setembro em Nova Iorque, e no Fight 2 Win, programado para o dia 12 de outubro em Miami, onde irá enfrentar Josh Garcia, faixa-preta da equipe Carlson Gracie.

“Estou um tempo sem lutar MMA e eu não gosto de ficar sem competir. Então, resolvi focar no Jiu-Jitsu e no Grappling. Tenho uma boa relação com os organizadores do Fight 2 Win, e eles estão me deixando ativos. Sempre que tem um torneio da IBJJF, eu também procuro entrar para me testar. Fui bem no American Nationals sem kimono e agora estou inscrito no Pan-Americano No Gi. Minha preparação está sendo muito boa, estou treinando bastante com o pessoal aqui da academia Combat Club. Quero repetir o bom desempenho do Nationals, quando fiz três lutas, finalizei duas e venci a final por uma larga vantagem de pontos. Vão ter caras mais duros no Pan, pois é um campeonato muito grande e muito visado. Mas estou preparado para todos eles. Quero me testar contra os melhores”, disse Burns, que já foi campeão Brasileiro e Mundial No Gi.

Apesar dos compromissos sem kimono, Herbert vem trabalhando de olho no MMA. Ele não luta há exatos um ano e um mês, quando deixou o evento asiático One FC. Depois de passar por alguns contratempos, ele está perto de dar um fim a essa longa espera. Apalavrado com dois eventos americanos, ele aguarda apenas adversário e o contrato para anunciar seu retorno aos cages.

“Ano passado estava com uma luta engatilhada contra o Jason Soares, que hoje é o campeão do Titan FC, mas eu machuquei o joelho e tive que deixar o card. E depois passei pela seguinte situação: eu morava na Ásia e era muito bem remunerado. Com a mudança para os Estados Unidos, eu tive que me reorganizar e os eventos aqui não estavam oferecendo bolsas vantajosas. Então, não ia lutar por qualquer coisa. Mas agora eu tenho boas coisas encaminhadas. Ainda não posso revelar para não atrapalhar as negociações, mas em breve poderei anunciar o meu retorno aos cages. Devo lutar em novembro ou dezembro. Estou muito ansioso por isso, não vejo a hora de voltar a lutar MMA”, encerrou.

Categorias
Jiu-JitsuMMA

Relacionados

Pin It on Pinterest

Share This