Cynthia-Calvillo
Foto: Getty Images

Cynthia Calvillo é notificada pela USADA

Foto: Getty Images

A norte americana Cynthia Calvillo foi notificada pela USADA (Agência Antidopagem dos Estados Unidos) por uso de maconha. A substância encontrada no sangue da lutadora é Carboxy-Tetrahydrocannabinol (THC), que pode ser facilmente encontrada tanto na ‘Cannabis’, quanto no Haxixe, Skunk, dentre outros alucinógenos.

A notícia foi dada pela própria USADA, que disponibilizou uma nota oficial sobre o caso de Calvillo. Os testes foram coletados em período de competição, logo após a luta diante da ex-campeã peso-palha Carla Esparza no dia 30 de dezembro, no UFC 219, último evento da franquia realizado em 2017.

O último caso de um lutador pego por uso de maconha pela USADA, foi o de Kelvin Gastelum, que fez a luta diante de Vitor Belfort em Fortaleza, no Ceará, no mês de março, e teve a vitória por nocaute sobre o ‘fenômeno’ transformado em ‘No Contest’ (luta sem resultado), além de ter tido o embate diante de Anderson Silva no UFC Rio 8 cancelado por ter sido condenado pelo uso da ‘erva danada’.

Calvillo será julgada pela USADA e pela Comissão Atlética de Nevada (NSAC/NAC), que irão determinar a pena a ser aplicada a lutadora.

Por Dario Ferrari

Categorias
MMA

Relacionados