A luta principal do Shooto Brasil 74 será entre Marlon Sandro e Diego Arturo – Foto: Natalino Werneck/Werneck Produções

Com card estelar, Shooto Brasil inaugura nova casa em sua 74ª edição

Neste final de semana, os olhos do mundo estão voltados para o mundo da luta. No embalo do super duelo entre Floyd Mayweather e Conor McGregor neste sábado (26), o Shooto Brasil realiza um card histórico na noite do próximo domingo, dia 27 de agosto. Na inauguração de sua nova casa, a Upper Arena, no bairro do Flamengo, no Rio de Janeiro, a organização montou um evento estelar com a participação dos multicampeões mundiais no jiu-jitsu Rodolfo Vieira e Bruno Malfacine, três disputas de cinturão e o veterano Marlon Sandro em uma superluta internacional. O evento tem início às 19h com transmissão ao vivo do Canal Combate e Sportv.

Na tarde do último sábado foi realizada a pesagem oficial do Shooto Brasil 74. Os principais nomes desta edição, Marlon Sandro, Rodolfo Vieira e Bruno Malfacine não tiveram problemas com a balança e ficaram dentro dos limites de suas respectivas categorias. Adversários de Rodolfo e Malfacine, Fagner Rakchal e Romário Boaés também atingiram os o peso limite de suas divisões. O peruano Diego Arturo, oponente de Marlon Sandro na luta principal da noite, teve um pouco de dificuldade mas depois do tempo extra chegou aos 68kg o peso combinado para o duelo.

Nas disputas de título da noite tudo dentro do esperado. Pelos pesos-galo (até 61,2kg) o atual campeão Luciano Benício e o desafiante Geraldo de Freitas marcaram 61,1kg e 61kg respectivamente. Entre os moscas (até 56,7kg) o duelo será entre Jafel Filho e Luan Danger. Os dois bateram 56,7kg e 56,6kg. Na outra luta pelo cinturão, entre os palhas (52,2kg) Jhonata Silva e Yan Teixeira confirmaram o duelo ao marcar 51,1kg e 51kg, respectivamente na balança.

Rodolfo Vieira tem adversário alterado a dois dias do evento

Rodolfo Vieira faz sua segunda luta de MMA diante de Fagner Rakchal - Foto: Natalino Werneck/Werneck Produções

Rodolfo Vieira faz sua segunda luta de MMA diante de Fagner Rakchal – Foto: Natalino Werneck/Werneck Produções

Um dos nomes mais aguardados desta edição é o pentacampeão mundial Rodolfo Vieira, que faz sua segunda luta profissional de MMA. Vai ser também a primeira vez do carioca atuando em sua cidade natal. Mas Rodolfo teve uma surpresa poucos dias antes do evento, seu adversário, Natalício Nascimento, alegou compromissos pessoais e pediu sua retirada da luta na quinta-feira, dia 24. A organização correu e conseguiu um novo adversário para Rodolfo, o mineiro Fagner Rakchal. E Rodolfo falou sobre a mudança em cima da hora e a expectativa de lutar em casa.

“Mudou algumas coisas com a troca do Natalício pelo Fagner. Um é mais do boxe e outro do muay thai, trabalha melhor os chutes. Mas eu treinei bastante e apesar de ainda inexperiente no MMA estou preparado e confiante para fazer um bom trabalho. Essa mudança não vai alterar minha estratégia”, afirma Rodolfo, para completar sobre a luta no Rio de Janeiro.

“Lutar no Rio realmente vai ser especial, já competi muitas vezes aqui, mas no MMA vai ser a primeira vez. Tem gente que não gosta de lutar com o público a favor, mas não é meu caso. Minha família e amigos estarão todos presentes e isso certamente vai me dar uma motivação a mais na hora de entrar no cage. Estou corresponder às expectativas”, finaliza.

O Shooto Brasil 74 conta com 12 lutas e pela primeira vez vai ser realizado na Upper Arena, como vai ser chamado o local que abrigará o Centro de Treinamento da equipe Nova União. O local tem capacidade para cerca de 800 pessoas, podendo ter esse número aumentado, e ocupa uma área de 2.000 m2

A ideia é que, além de ser a sede da equipe, também sejam realizados eventos de diversas artes marciais constantemente, já que o local conta com toda a estrutura necessária para isso. Uma verdadeira arena multiuso, que está localizada no Bairro do Flamengo, a pouco metros do academia Upper, atual sede da Nova União.

Ingressos esgotados

A expectativa para esta 74ª edição do Shooto Brasil é tanta que os fãs esgotaram os ingressos a quatro dias do evento. Menores de 16 anos só podem entrar acompanhados dos responsáveis.

Confira o card do Shooto Brasil 74

Até 68kg*: Marlon Sandro (67,5kg) (Nova União) x Diego Arturo (67,2kg) (Clan Peru Fighting)

Até 93kg: Rodolfo Vieira (93,3kg) (American Top Team) x Fagner Rakchal (91,5kg) (Gordiin Fight Team)

Até 61,2kg: Geraldo de Freitas (61kg) (Rio Fighters) x Luciano Benício (61,1kg) (Nova União) – DISPUTA DE CINTURÃO

Até 64kg*: Iliarde Santos (63,7kg) (Marajó Brothers) x Pedro Falcão (63,8kg) (Nova União)

Até 77kg: Jeferson Minotauro (76,4kg) (Art Combat) x Handesson Boy Doido (77,1kg) (Kimura Nova União)

Até 56,7kg: Luan Danger (56,7kg) (BPT) x Jafel FIlho (56,6kg) (Nova União) – DISPUTA DE CINTURÃO

Até 66kg: Edilson Teixeira (66,1kg) (Life MMA) x Fernando Bruno (66,1kg) (Nova União)

Até 57kg: Romário Boaes (57,1kg) (Relma Combat) x Bruno Malfacine (57kg) (American Top Team)

Até 52,2kg: Yan Teixeira (51kg) (Ari Fight) x Jonatha Silva (51,2kg) (Nova União) – DISPUTA DE CINTURÃO

Até 88kg*: Armando Sapinho (93,2kg) (Rio Fighters) x Renato King (93kg) (Nova União)

Até 63kg*: Elvis Batista (62,6kg) (RFT) x Carlos Eduardo Carlin (63kg) (Nova União)

Até 52kg: Jessica Correa (52,1kg) (PRVT) x Joice Mara da Silva (52,6kg)  (JMT / Manaus Fight)

Categorias
MMA







Relacionados