Foto: Renato Nogueira/Luta Esporte

Aleandro Caetano atleta da PRVT pede vaga no UFC Belém após vitória no PFN

Atleta sagrou-se campeão no Panthers and Fight Night conseguindo o cinturão dos pesos-galo.

 

O Panthers and Fight Night realizou no último sábado (25) a sua primeira edição e a PRVT foi representada por Aleandro Caetano que se sagrou campeão peso-galo (até 61kg) ao vencer Luan Danger na edição que foi realizada na Academia Rio Sport Center, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro.

Aleandro Caetano entrou em ação pelo co-evento do Panthers and Fight Night na disputa pelo cinturão dos galos. O duelo foi bastante equilibrado, mas no segundo round, o paraense conseguiu encaixar uma bela guilhotina para finalizar a luta e se sagrar campeão da categoria fazendo a festa na cidade de Ourilândia do Norte, sua terra natal.

“Foi uma grande vitória e pude representar bem a PRVT e minha cidade Ourilândia do Norte, no Pará, e sei que a galera está lá vibrando muito, eles colocaram até um telão em uma praça e graças a Deus consegui levar essa vitória para eles. Eu não vim até aqui a toa, vim para fazer bonito, e graças a Deus consegui essa grande vitória”, disse Aleandro Caetano que também falou sobre mais uma finalização por guilhotina.

“Vim aqui para fazer bonito, cansei no gás, mas fiz meu trabalho e finalizei com a especialidade da casa. Das 14 lutas, sete venci por finalização usando a guilhotina, que é a especialidade da casa (risos). A guilhotina é a prata da casa e sai no automático, foi difícil porque meu adversário é muito bom, é um cara duríssimo e valorizou muito a minha vitória. Tentei a primeira vez, mas ele saiu, mas na segunda ele não teve para onde ir (risos)”, brincou.

A PRVT tem se notabilizado pela sua forte equipe feminina, a PRVT Girls, onde as mulheres tem se destacado pelo Brasil e pelo mundo, mas Aleandro Caetano é um dos representantes do time masculino. Com 14 vitórias e três derrotas em seu cartel, o paraense de 29 anos sonha em chegar ao UFC e de preferência em casa na edição de Belém que será realizado no dia 3 de fevereiro na capital do Pará.

“As meninas estão representando muito bem e fazendo um excelente trabalho, mas também temos nosso time masculino que vem aí para fazer mesmo sucesso delas. Já vou deixar de antemão que quero fazer parte do UFC em Belém, estou com um cartel muito bom, um dos melhores do Brasil na minha categoria. Estou chegando e quem sabe eu consigo uma vaga no UFC em Belém, ou em qualquer outro lugar, o que eu quero mesmo é estar lá”, disse.

Foto: Renato Nogueira/Luta Esporte

Foto: Renato Nogueira/Luta Esporte

Foto: Renato Nogueira/Luta Esporte

Foto: Renato Nogueira/Luta Esporte

Categorias
MMA




Relacionados