Rafael Mota vence a luta principal do Strikers, Jorge Coutinho e Yuri Vicente são os campeões dos GPs

A promessa da primeira edição do Strikers de agitar a Baixada Fluminense foi cumprida, já que o público que compareceu, no último sábado (30), na Praça da Prefeitura em São João de Meriti, Região Metropolitana do Rio de Janeiro, assistiu a grandes duelos de Kickboxing.

Na luta principal da noite, o campeão mundial de Kickboxing, Rafael Mota levou a melhor sobre Ramatis Bastos por nocaute no primeiro round. O duelo vinha bastante equilibrado, mas Rafael acertou um belo cruzado que derrubou Ramatis.

“Foi uma luta muito dura, o meu adversário era muito forte para a categoria, estou descendo, então eu perco muito pouco peso para lutar no 71. Meu adversário é muito forte por isso foi uma luta muito difícil e ele não vendeu barato a vitória, saí com o braço machucado, mas aqui dentro de casa a torcida me ajudou muito e não poderia ter outro resultado que não fosse a vitória e graças a Deus ela veio”, disse.

Jorge Coutinho e Yuri Vicente são os campeões dos GPs

A primeira edição do Stikers contou com duas disputas de GP que sagrou Jorge Coutinho, na categoria até 60kg, e Yuri Vicente, na categoria até 64kg, como campeões.

Para chegar até o cinturão dos 60kg, Jorge Coutinho fez uma campanha perfeita onde nocauteou seus dois adversários. Na semifinal, Jorge derrubou Leonardo Duarte no primeiro round. Na final, Coutinho coroou seu grande desempenho ao nocautear Carlos Dudu no segundo assalto.

“Foi uma luta bastante estudada por se tratar de um atleta forte, mas que não se movimenta tanto, então a minha ideia era fintar bastante e conectar bastante golpes, terminando com chutes para magoar a perna dele, já que eu vinha de uma luta desgastante, mas a minha ideia era nocautear meus adversários, com todo o respeito, mas a minha ideia era nocautear os dois e graças a Deus consegui”, disse.

Já na categoria até 64kg, Yuri Vicente chegou ao cinturão ao nocautear Tony Carlos antes do primeiro minuto do terceiro e último assalto. Antes, Yuri superou Nivaldo dos Santos por decisão unânime.

“Me preparei muito para esse campeonato, treinei demais e sabia que iria pegar o (Junior) Bello ou o Tony Carlos na final, mas achava mais que enfrentaria o Tony, que era mais agressivo e vinha para cima. Na minha primeira luta não consegui soltar tanto meu jogo, depois a luta fiquei pensando “não me soltei muito”, e graças a Deus conversei com meu córner e consegui me soltar nessa segunda luta, graças a Deus deu tudo certo”, disse.

Duelos femininos agitaram e card amador abre a noite de lutas

A primeira edição do Strikers também contou com duelos femininos, onde Brena Cardozo venceu Vanderlucia na categoria até 60kg. Já nos 53kg, os destaques foram Suellen Bitencourt, que venceu Karen Tavares, e Valesca Tina, que levou a melhor sobre Ana Carolina, ambas por decisão unânime.

Os atletas amadores foram responsáveis pela abertura do Strikers e o principal destaque foi o nocaute de Thiago Tortuguita sobre Breno Pires.

Confira os resultados do Strikers

CARD PROFISSIONAL

Super Fight 4 – K1 Rules 71Kg (Luta Principal)

Rafael Mota venceu Ramatis Bastos por nocaute aos 1:37 do segundo round

Final GP 60Kg (Disputa de Cinturão Strikers Kickboxing)

Yuri Vicente venceu Tony Carlos por nocaute aos 55 segundos do terceiro round

Final GP 60Kg (Disputa de Cinturão Strikers Kickboxing)

Jorge Coutinho venceu Carlos Dudu por nocaute aos 2:09 do segundo round

Super Fight 3 – K1 Rules Feminino 60Kg

Brena Cardozo venceu Vanderlucia por decisão dividida

Super Fight 2 – K1 Rules Feminino 53kg

Suellen Bitencourt venceu Karen Tavares por decisão unânime

Valesca Tina venceu Ana Carolina por decisão unânime

GP 64Kg

Semifinal 2

Tony Carlos venceu Junior Bello por decisão unânime

Semifinal 1

Yuri Vicente venceu Nivaldo dos Santos por decisão unânime

GP 60kg

Semifinal 2

Jorge Coutinho venceu Leonardo Duarte por nocaute aos 2:25 do primeiro round

Semifinal 1

Carlos Dudu venceu Ebram Melo por decisão dividida

CARD AMADOR

K1 Rules 71Kg – Lucas Tayão venceu Gabriel Lopes por decisão dividida

K1 Rules 60Kg – Dennys Ferreira venceu Luis Fernando por decisão unânime

K1 Rules 67Kg – Thiago Tortuguita venceu Breno Pires por nocaute aos 2:23 do primeiro round

K1 Rules 67Kg – David Santos venceu Douglas Oliveira por decisão unânime

Foto: Renato Nogueira/Luta Esporte

Foto: Renato Nogueira/Luta Esporte

Categorias
Kickboxing




Relacionados