Antônio Pezão e Rico Verhoeven fazem encarada em anúncio da luta do Glory 46 - Reprodução/Instagram

Antônio Pezão migra para Kickboxing, assina com o Glory e encara campeão mundial na China

Antônio Pezão não vive um bom momento dentro do MMA então decidiu mudar de ares e na última semana anunciou que assinou com Glory, um dos maiores eventos de Kickboxing do mundo. O brasileiro já tem data para a estreia na organização e vai enfrentar o holandês Rico Verhoeven na 46ª edição do evento que será realizado no dia 14 de outubro, em Guangzhou, na China.

O brasileiro usou suas redes sociais para anunciar seu acerto com o Glory e postou informações sobre a luta, além de uma foto com Rico Verhoeven.

“Com o campeão e meu próximo oponente Rico, muito respeito por esse ótimo lutador, mas dia 14 de outubro serão dois homens saindo na mão”, escreveu, em sua conta oficial no Instagram.

Apesar de Rico Verhoeven ser o campeão dos peso-pesados do Glory, o duelo não valerá pelo cinturão.

Antônio Pezão e Rico Verhoeven apareceram em uma coletiva para o anúncio do evento e tiveram uma encarada tensa, mas quando chegaram nos bastidores ambos mostraram respeito ao próximo adversário e posaram juntos.

Antônio Pezão não atravessa um bom momento dentro no MMA já que vem de uma sequência de cinco derrotas consecutivas. Em seu último duelo foi nocauteado por Vitaly Minakov pelo Fight Nights Global 68.

No UFC, Antônio Pezão fez 11 lutas com três vitórias, um empate e sete derrotas. Seu maior momento foi quando teve duas vitórias consecutivas onde superou Travis Browne e Alistair Overeem e se credenciou para a disputa do cinturão dos pesos-pesados (até 120kg) contra o então campeão, Cain Velásquez, no UFC 160, mas não obteve sucesso e foi nocauteado. Após a tentativa frustrada, Pezão entrou em declínio já que nas sete lutas que fez no Ultimate venceu apenas Soa Palelei, empatou com Mark Hunt e emplacou cinco derrotas, que culminou em sua saída da organização. O brasileiro fez mais duas lutas em outros eventos e foi superado em ambas. Aos 37 anos, o brasiliense soma 19 vitórias, 12 derrotas e um empate em seu cartel no MMA.

O brasileiro terá pela frente Rico Verhoeven que é o atual campeão peso-pesado do Glory e vem de sete triunfos seguidos, quatro deles por nocaute. O holandês de 28 anos também chegou a atuar no MMA e na única luta que fez nocauteou Viktor Bogutzki pelo Romanian Xtreme Fighting 20.

Categorias
KickboxingMMA




Relacionados