Marcus Buchecha enfrenta Roger Gracie em julho no Rio de Janeiro – Divulgação

Marcus Buchecha relembra primeiro duelo contra Roger Gracie e analisa novo embate

Cinco anos após o primeiro confronto, que terminou empatado após 20 minutos de luta, Marcus Buchecha e Roger Gracie se enfrentarão novamente em um duelo de kimono. A revanche, uma das mais aguardadas pelos fãs da arte suave, está programada para acontecer no dia 23 de julho, no Rio de Janeiro, no evento Gracie Pro Jiu-Jitsu. Maior vencedor de títulos mundiais no absoluto da faixa-preta, o tetracampeão Marcus Buchecha relembrou o primeiro encontro com Roger.

“Foi uma oportunidade única enfrentar o Roger Gracie no Metamoris, porque ele já havia anunciado a aposentadoria dele das competições. Então, achei que aquela seria a última oportunidade de enfrentar um ídolo. A luta foi muito boa. Foi um combate longo, de 20 minutos, mas eu lutei muito bem. Tive bons momentos na luta. Era um confronto onde só a finalização dava a vitória, então não ligávamos muito para a pontuação. Por isso, teve momentos que eu consegui arriscar mais. Tive uma boa chance no pé, no final tive outra oportunidade no braço… Fiz tudo certo naquele arm-lock, mas ele que defendeu muito bem. Não é a toa que ele é considerado o maior de todos os tempos”, recordou Buchecha.

O primeiro encontro entre os dois aconteceu em 2012, pelo Metamoris. Na ocasião, Roger já era dono de três títulos mundiais no absoluto – o primeiro a alcançar a façanha – e Buchecha havia acabado de conquistar o seu primeiro título mundial. Agora, Buchecha chega para o duelo como o maior nome do Jiu-Jitsu da atualidade.

“Será bem legal essa revanche. É mais uma oportunidade de lutar contra um cara do calibre do Roger. Dessa vez a luta será de 10 minutos, nas regras normais. Não é fácil treinar para uma luta contra o Roger Gracie. Não tem ninguém com um Jiu-Jitsu como o dele e, por conta do biotipo dele, é muito difícil achar parceiros com o mesmo jogo e com a mesma altura. É bem complicado. Mas conto com ótimos parceiros de treino e vou manter o ritmo do camp do Mundial para essa superluta para chegar muito bem preparado”, encerrou.

Antes da superluta contra Roger Gracie, Marcus Buchecha lutará o Mundial de Jiu-Jitsu, que começa no final deste mês na Califórnia, onde tentará o quinto titulo mundial no absoluto. Buchecha também está confirmado no GP dos pesados da IBJJF Pro League, que acontece no dia  26 de agosto, em Las Vegas. O torneio reunirá oito grandes nomes do Jiu-Jitsu mundial em busca de um prêmio 40 mil dólares.

E, para encerrar a temporada, o faixa-preta da Checkmat vai em busca de seu segundo título no ADCC no peso e o inédito ouro no absoluto. O ADCC, maior evento de grappling do mundo, acontece em setembro na Finlândia.

Categorias
Jiu-Jitsu




Relacionados