Lucas Pinheiro 5
Lucas Pinheiro vai em busca do primeiro título Mundial sem kimono - Divulgação

Após conquistar o Pan-Americano, Lucas Pinheiro vai em busca do seu primeiro título Mundial No Gi

Faixa-preta, que já conquistou dez medalhas de ouro em 2017, fará sua estreia no Mundial sem kimono

Foram 10 medalhas de ouro na temporada, além de um bronze no Mundial de Jiu-Jitsu da IBJJF e alguns pódios disputando o absoluto – mesmo sendo peso galo. Mas o ano de 2017 de Lucas Pinheiro ainda não acabou. O faixa-preta está inscrito no Mundial No Gi da IBJJF, que acontece este final de semana em Anaheim, na Califórnia. O manauara radicado em Dallas, que fará seu debute na competição, vai subir de peso e se aventurar na categoria pluma para buscar seu primeiro título Mundial sem kimono.

“Estou muito animado. Espero me sair tão bem quanto nos outros eventos sem kimono que lutei esse ano. Acredito que este será apenas o primeiro de muitos mundiais No Gi que eu pretendo lutar. A preparação para esse campeonato está sendo muito mais difícil do que foi para todos os outros que lutei esse ano. Isso porque eu tenho dado uma média de três a quatro aulas por dia, então não sobra muito tempo para treinar. Apesar disso, tenho me desdobrado para conseguir treinar sem kimono. Mas tenho investido bastante na preparação física para compensar e chegar com bastante força no campeonato”, disse Lucas.

Acostumado a lutar no peso-galo de kimono, onde conquistou a prata no Pan-Americano deste ano, além do bronze no Mundial, Lucas decidiu subir de peso para o Mundial No Gi e poderá ter pela frente nomes como João Miyao e Rafael Barata.

“Eu já estava na dieta para lutar no peso-galo, mas decidi lutar no peso-pluma porque todos os campeonatos sem kimono que lutei esse ano foram no peso-pluma. Com exceção do Pan-Americano No Gi, onde fui campeão no peso-galo. Ainda estou leve para a categoria, mas estou adorando não ter que me preocupar em perder peso”, explicou Lucas, que fez uma rápida análise da categoria.

“Acho que o adversário mais duro da categoria será o João Miyao, atleta com quem treinei por alguns anos quando eu fazia parte da equipe do Cícero Costha. Mas eu não subestimo nenhum adversário, até porque eu nunca lutei com a grande maioria dos atletas que estão na inscritos na categoria”, concluiu.

Categorias
Jiu-Jitsu

Relacionados

Pin It on Pinterest

Share This